PNL

A PNL é Arte de Poder.

É a ciência que estuda como alcançar o máximo da excelência humana.

Mas como surgiu a PNL?

No anos de 1970, dois pesquisadores americanos: Richard Blander e John Grinder começaram a estudar porque alguns terapeutas que obtinham excelentes resultados com suas técnicas.

Eles foram Milton Erickon, um psiquiatra que desenvolveu uma técnica de hipnose conversacional que leva seu nome. Ele obtinha curas inacreditáveis para os mais diversos problemas apenas conversando com seus pacientes.

Outro terapeuta chamava-se Fritz Pearls que criou a técnica da Gestalt, princípio este que preconiza que todo o ambiente ao redor do paciente participa do seu processo de cura.

Por fim, estudaram a terapeuta familiar Virgínia Satir que era capaz de salvar qualquer relacionamento a beira do colapso.

O que Blander e Grinder descobriram foi que havia um padrão de linguagem entre esses três terapeutas que fazia toda a diferença nos resultados que eles obtinham. Então, eles mapearam esse padrão e desenvolveram técnicas para modelar o mesmo padrão em outras pessoas que, a partir dai, começavam a obter resultados da mesma magnitude.

O grande segredo da PNL é a modelagem de recursos.

Ela parte do princípio que se alguém já fez uma coisa qualquer pessoa pode fazer a mesma coisa se seguir o mesmo caminho.

Assim surge a programação neurolinguística:

Programação porque literalmente permite programar sua mente para obter resultados.

Neuro porque atua diretamente sobre o sistema neurológico criando novas conexões entre as sinapses do cérebro

Linguística porque todas as ferramentas são baseadas em padrões de linguagem

Experimente!